Solicitação e envio de amostras

Para a utilização dos serviços prestados pela Central Analítica, é necessário efetuar o cadastro do usuário no sistema de solicitação de análise.

Antes de enviar a amostra, é necessário abrir uma solicitação de análise. Amostras enviadas sem número de solicitação não serão analisadas. Consulte aqui o tutorial sobre como efetuar as solicitações.

Em caso de dúvidas, entre em contato com os especialistas responsáveis por cada técnica. Os contatos estão disponíveis aqui.

 

Quantidade de amostra

Observe e respeite as quantidades mínimas e máximas de amostra necessárias para cada técnica. Para não comprometer a qualidade da análise, pede-se que não sejam enviados pedaços grandes de material, como por exemplo, rochas inteiras, caules, folhas etc. As amostras sólidas devem estar na forma de pó fino, seco e homogêneo.

As quantidades adequadas estão expostas na tabela abaixo e para casos não contemplados, por favor consultar os analistas responsáveis.

Técnica Experimento Massa mínima Massa máxima
Análise elementar - CHN CHN 5 mg 100 mg
Análise elementar - Cl ou Br % Br 20 mg 200 mg
Análise elementar - Cl ou Br % Cl 20 mg 200 mg
Análise térmica TGA 10 mg  1 g
Análise térmica DSC 10 mg  1 g 
Análise térmica DMA consultar analista
CG-MS CG-MS    
CG-MS Headspace    
Citometria de Fluxo Análise por citometria consultar analista
Confocal Qualitativo imagem confocal consultar analista
Confocal Qualitativo imagem Z-Stack consultar analista
Confocal Quantitativo medida temporal consultar analista
Dicroísmo circular Espectro consultar analista
DRX - Difração de Raios X Obtenção de difratograma Raio-X pó consultar analista
DRX - Difração de Raios X Filme orientado consultar analista
DRX - Difração de Raios X Corpo de prova plano consultar analista
EM- Espectrometria de Massas LC-MS (Esquire, Amazon e Maxis) 1 mg 100 mg
EM- Espectrometria de Massas Infusão direta (Esquire, Amazon, Microtof e Maxis) 1 mg 100 mg
EM- Espectrometria de Massas Nano LC-MS (Maxis) consultar analista
EM- Espectrometria de Massas MALDI-TOF (Ultraflextreme) 1 mg 100 mg
Espalhamento de luz Medida de diâmetro 1 mg ou 1 mL suspensão 500 mg ou 20 mL suspensão
Espalhamento de luz Medida de potencial Zeta 1 mg ou 1 mL suspensão 500 mg ou 20 mL suspensão
Espalhamento de luz Determinação de massa molar consultar analista
Espalhamento de luz Titulação (potencial zeta x pH) 50 mg ou 20 mL suspensão 1 g ou 200 mL suspensão
HPLC Quantificação consultar analista
HPLC Análise qualitativa - DAD 1 mg 100 mg
ICP OES Análise semi-quantitativa de elementos consultar analista
ICP OES Análise quantitativa de elementos consultar analista
IV KBr 5 mg 100 mg
IV Filme 0.5 mL 5 mL
IV ATR 1.5 mm2 10 cm2
MET Aquisição de imagem TEM (Jeol JEM 2100) consultar analista
MEV Aquisição de imagem MEV (Jeol - Neoscope) consultar analista
MEV Aquisição de imagem MEV e EDS (Jeol - JSM 7401F) consultar analista
RMN RMN 300 MHz    
RMN RMN 500 MHz    
RMN RMN 800 MHz    
Viscosimetria Viscosimetria vibratória 0.5 g ou 20 mL solução 5 g ou 100 mL solução

 

Acondicionamento da amostra

Antes de embalar a(s) amostra(s) para o envio, certifique-se que o recipiente seja adequado à natureza química do material em questão. Utilize frascos com vedação eficaz, com rosca ou batoque, para evitar vazamentos ou perda da amostra durante o transporte e abertura do recipiente. Além disso, não ultrapasse 70% do volume do frasco. Lembre-se da segurança de sua amostra e daqueles que irão manuseá-la. Observe a quantidade de amostra a ser enviada, para que seja adequada à(s) técnica(s) requisitada(s) e, de preferência, envie as amostras em frascos individuais para cada técnica solicitada.

No caso de envio de amostras pelo correio o cuidado deve ser redobrado. Evite enviar “eppendorfs” em envelopes, pois eles podem ser facilmente avariados durante o transporte.

Os frascos devem ser vedados inicialmente com película flexível, em seguida devem ser imobilizados com plástico bolha ou papel e então acondicionados em caixas. Atenção ao enviar frascos de vidro, para evitar quebra durante o transporte, coloque o frasco de vidro dentro de outro recipiente de plástico rígido.

Cada amostra deve conter uma etiqueta contendo o mesmo nome cadastrado no site, número da solicitação, técnicas a serem realizadas e contato do remetente. Recomenda-se identificar as amostras com nomes simples e curtos (preferencialmente com numeração sequencial) que facilitem a recepção. 

A amostra poderá ser enviada por meio de serviço postal (Sedex) ou entregue na Central Analítica (sala 6 - recepção de amostras). 

(Para as técnicas identificadas como laboratório associado, o procedimento para o envio de amostras deverá ser verificado diretamente com o responsável).

No caso das análises com agendamento, o usuário deve trazer as amostras na data agendada pelo site e acompanhar a análise.

 

Endereço de envio de amostra: 

Central Analítica - Instituto de Química – USP          CNPJ  63025530/0009-61
(A/C 'analista responsável pela técnica')
Av. Prof. Lineu Prestes, 748 - Bloco Zero superior - sala 14
Cidade Universitária
CEP: 05508-000 - São Paulo - SP
Solicitação número: xxxxx

 

Exemplo de etiqueta preenchida para identificação da amostra: 

Nome da amostra:  Composto-1
Número da solicitação:  99999 (gerado pelo sistema) 
Técnicas:  CHN/ICP/TGA 
Elementos (p/ ICP):  Ca, K, Na, Zn
Solvente (RMN):  metanol
Contato:  João da Silva
Tel ou e-mail:  (xx) xxxx-xx-xx  / joao@mail.com

 

Imprima aqui sua etiqueta e o endereço de envio.

 

Orientações específicas para envio de amostras:

            Espectrometria de massas

            Espalhamento de luz

            Análises térmicas - DMA

            Ressonâcia Magnética Nuclear - RMN

 

Devolução de amostras

As amostras serão descartadas após a análise. Não haverá devolução do restante das amostras.

Tubos de ressonância enviados devem ser retirados pessoalmente no prazo máximo de 30 dias úteis após a liberação dos resultados no site. Após esse prazo, os tubos não retirados serão descartados.